Conheça as normas que regem o Sistema de Ouvidorias da UFPA

A proposta de Código de Ética para Ouvidores foi aprovada na assembléia geral Extraordinária, ABO, convocada para esse finalidade e realizada em Fortaleza – CE no dia 19/12/97, com as seguintes considerações

  • -Que, a natureza da atividade está diretamente ligada à compreensão e o respeito às necessidades, direitos e valores das pessoas.
  • -Que, por necessidade, direito e valores entende-se não apenas questões materiais, mas também questões de ordem moral, intelectual e social, e que direitos só tem valor quando efetivados reconhecidos.
  • -Que, no desempenho de suas atividades profissionais e dependendo da forma como essas sejam desempenhadas, Ouvidor/Ombudsman podem efetivamente fazer aplicar, alcançando esses direitos.
  • -Que, a função do Ouvidor/Ombudsman visa a aperfeiçoamento do Estado, da Empresa , a busca da eficiência e da austeridade administrativa.
  • - E, finalmente, que, no exercício das suas atividades os Ouvidores / Ombudsman devem defender intransigentemente os direitos inerentes da pessoa humana, balizando suas ações por princípios éticos, morais e constitucionais.

Os membros da ABO- Associação Brasileira de Ouvidores resolvem instituir o Código de Ética, que pode ser acessado no link abaixo: